Cinema/TV

Cowboy Bebop: Daniella Pineda responde críticas sobre seu figurino para o live-action da série

Após a divulgação das fotos do seriado que adapta o anime Cowboy Bebop na Netflix, a intérprete de Faye Valentine respondeu aos comentários negativos de alguns fãs.

3 min de leitura
28 Ago 2021 - 09h19 | Atulizado em 28 Ago 2021 - 09h19

A atriz Daniella Pineda, que dará vida a personagem Faye Valentine no live-action de Cowboy Bebop da Netflix, respondeu comentários machistas sobre uma suposta falta de semelhança da atriz com a representação do anime. Quando a Netflix divulgou o visual dos protagonistas da adaptação, muitos fãs ficaram satisfeitos com a caracterização dos personagens, mas outros não gostaram muito do que viram, especialmente em relação à personagem de Pineda.

Na internet, alguns fãs do clássico anime de 1998, se mostraram indignados e lançaram comentários de cunho machista, criticando o fato de Daniella Pineda não ter um corpo parecido com a da personagem Faye Valentine. Os comentários também se estenderam ao seu figurino, que não é exatamente fiel ao do desenho.

Na animação, Faye Valentine veste uma blusa amarela decotada, shorts também amarelo de cintura baixa, suspensórios pretos e uma jaqueta vermelha solta. Além das roupas justas, ela possui seios avantajados e uma cintura bem fina. Já na série live-action da Netflix, a produção optou por cortar a sexualização exagerada do figurino, mas sem retirar as semelhanças com a personagem original.



A personagem é uma caçadora de recompensas que se juntou à tripulação da Bebop para quitar suas dívidas. Ela foi colocada em criogenia e tem cerca de 70 anos, apesar de aparentar ter 23. (Foto/ Reprodução: Netflix)


 Os comentários teriam acontecido no dia em que a Netflix divulgou as imagens promocionais da série, em 23 de agosto. Alguns fãs também reclamaram da escolha de Mustafa Shakir para o elenco. Diante das reclamações, Daniella Pineda publicou alguns stories em seu Instagram para falar diretamente com os fãs que criticaram as escolhas do live-action. Em tom irônico, a atriz pediu desculpas por não ter o mesmo corpo da versão animada de Faey Valentine.

Primeiro, eu gostaria de me desculpar com os fãs por não corresponder anatomicamente à personagem Faye Valentine. Seios de um metro e oitenta e cinco, cintura de cinco centímetros… Sabe, procuraram por aquela mulher em todos os lugares e não conseguiram encontrá-la, realmente estranho… Então, eles ficaram com a minha bunda pequena..., ironizou a atriz.


Atriz Daniella Pineda zombando de comentários machistas nos Stories do Instagram. (Reprodução: İbrahim Açıkgöz - YouTube)


Pineda continuou debochando da situação, dizendo que deveria se colocar em uma máquina do tempo para conseguir outros pais e assim tentar ser um pouco mais alta. Em seguida, ela prosseguiu falando sobre seu o figurino: 

Sabe, nós tentamos, mas fazendo cenas de ação, as coisas sobem, elas se rasgam, às vezes simplesmente se perdem completamente… De qualquer forma, como eu estava dizendo, aquele traje original, eles fizeram alguns deles, mas como eu disse, eles meio que foram engolidos pelo meu corpo, para nunca mais serem recuperados, então precisávamos construir algo que pudesse resistir ao teste do tempo”, ironizou. 

https://lorena.r7.com/post/Cobra-kai-Serie-derivada-de-Karate-Kid-tem-5a-temporada-confirmada

https://lorena.r7.com/post/Michael-Keaton-revela-que-nao-entendeu-como-o-UCM-se-conecta-com-o-filme-do-Morbius

https://lorena.r7.com/post/Thandiwe-Newton-diz-ter-achado-um-erro-a-morte-de-sua-personagem-no-filme-de-Han-Solo


Alguns fãs do anime encararam o vídeo de Pineda como um insulto, chegando até a mandar mensagens privadas para a atriz. Outros, por sua vez, apoiaram a indignação da artista, chegando até a dizer que sua atitude reflete exatamente a personalidade que Faye Valentine teria ao ser provocada.

Na trama de Cowboy Bebop, no ano de 2071, um grupo de caçadores de recompensa vaga sem rumo pelo espaço sideral atrás de trabalho. Além de Pineda, o elenco do live-action inclui ainda: John Cho, Alex Hassell, Pineda, Elena Satine e Shakir. Alex Garcia Lopez vai dirigir os dois primeiros episódios da adaptação. Ao todo, serão 10 capítulos na primeira temporada, que estreia em 19 de novembro de 2021.

(Foto destaque: Daniella Pineda rebateu críticas sobre seu visual na série live-action de Cowboy Bebop. Reprodução: Netflix)

Deixe um comentário