Notícias

Sucesso no Tik Tok e Instagram, Francisco Garcia fala sobre o humor como inspiração e dar dicas para criadores de conteúdo

Quando estava com 27 anos, Francisco Garcia recebeu uma notícia que mudaria a sua vida: o HIV. Naquele momento, ele tomou a atitude de se transformar em um instrumento para levar superação e amor com sua história.

3 min de leitura
18 Jun 2021 - 17h18 | Atulizado em 18 Jun 2021 - 17h18

Influencer compartilha momentos engraçados com o pai que alcançam milhares de seguidores

 

Quando estava com 27 anos, Francisco Garcia recebeu uma notícia que mudaria a sua vida: o HIV. Naquele momento, ele tomou a atitude de se transformar em um instrumento para levar superação e amor com sua história. Passando informações sobre como é conviver com a AIDS, aliado a um conteúdo irreverente de motivação às pessoas com soropositivo, o influenciador começou a conquistar o público com palestras.

Viajando por todo o Brasil para falar sobre sua vida, Francisco descobriu nas redes sociais uma grande oportunidade para quebrar barreiras por meio do humor. Com um conteúdo irreverente de aproximação entre os familiares e amigos por meio de brincadeiras simples, ele recebe diariamente mensagens de seguidores que se identificam com os diálogos de sua família. Para ele, a principal missão do seu trabalho é levar uma mensagem de alegria e de superação por meio do humor.

“Quero atingir cada vez mais públicos que eu ainda não consegui chegar com meu conteúdo. É levar essa leveza, o humor e conteúdo que eu considero como uma dose diária de alegria para as pessoas. Quero lançar meu livro, fazer a segunda parte do meu documentário. Eu já tenho um documentário disponível no YouTube chamado ‘Do Limão à Limonada - HIV/AIDS’, que foi da primeira etapa do meu projeto. Quero voltar a fazer palestras pelo Brasil para conscientizar as pessoas sobre saúde, humor e alegria”, disse ele.


 

                                                                              (Reprodução/Instagram)


 Além dos seus projetos profissionais, Francisco sempre se preocupa com as causas sociais. Sempre compartilhando momentos em que ajuda pessoas mais carentes, ele revelou que a inspiração da família não vem apenas para os vídeos de humor, mas também com ações de caridade. Segundo o influenciador, o humor é uma porta para uma cura interna, mas poder ajudar de outras formas é algo que foi passado de mãe para filho.

“O humor ajuda uma pessoa que está passando por um momento difícil. Ele arranca risadas diante da dor. Mas poder curar a dor física da fome, de alguém que está passando por um problema de saúde ou que não tem uma casa para morar é algo que me encanta demais. Então desde cedo eu vejo na minha mãe uma inspiração para ajudar as pessoas. Ela frequentava um hospital, fazia orações e levava comida. Morávamos bem perto do hospital e ela estava sempre acolhendo uma família que precisava. Então ela me inspira até hoje”, contou ele.


                                                                                  (Reprodução/Instagram)


Conheça Francisco Garcia no Instagram: https://www.instagram.com/fgnico/?hl=pt-br

 

Engana-se quem acredita que fazer vídeos de humor é algo fácil. Diariamente, muitos influencers compartilham situações, histórias e piadas com seus seguidores. Em alguns casos, o conteúdo acaba sendo passado de uma maneira prejudicial para o público. Dessa forma, trabalhar com produção de conteúdo que tem o objetivo de fazer as pessoas rirem tem um grande desafio pela frente: é engraçado ou desrespeitoso?



“O principal desafio para trabalhar um bom conteúdo engraçado no Instagram e TikTok é o seguinte: o que era engraçado antigamente, hoje já não se encaixa nos padrões da sociedade atual. Então a gente precisa ter cautela para não ser preconceituoso, machucar alguém. O que dói no outro não pode ser encarado como uma brincadeira. Então na hora de se fazer um conteúdo, é preciso ter cautela”, explicou o influencer.

Seguindo essa linha de pensamento, o humorista dá uma dica fundamental para quem quer uma carreira de sucesso com produção de conteúdo viral e engraçado.

 

“Tem que ter o seguinte pensamento: o que eu estou fazendo vai fazer alguém rir, mas será que vai magoar outra pessoa? A dica que eu dou é: seja você mesmo. Porque errar é humano, mas se você errar tentando acertar já é um grande passo”, finalizou.



 

 

 

 

 

Deixe um comentário