Esportes

Italo Ferreira vence o primeiro Ouro do Brasil em Tóquio

Na Madrugada desta terça-feira (27), o Brasiliero Italo Ferreira, campeão do mundial de Surf de 2019, é o primeiro campeão da história da modalidade nos jogos Olímpicos, e essa vitória histórica veio contra o Japonês Kanoa Igarashi.

3 min de leitura
27 Jul 2021 - 13h38 | Atulizado em 27 Jul 2021 - 13h38

Na Madrugada desta terça-feira (27), o brasileiro Italo Ferreira, campeão do mundial de Surf de 2019, foi o primeiro ouro da história da modalidade nos jogos Olímpicos e o primeiro Ouro do Brasil em Tóquio, e essa vitória histórica veio contra o Japonês Kanoa Igarashi. O circuito do Surfe foi adiantado por conta da chegada de um tufão na região de Tsurigasaki, em Ichinomiya.

No local onde foi disputada a prova, além de Italo, Gabriel Medina foi o outro brasileiro na competição, porém a estrela do Surf ficou sem medalha após perder as duas últimas baterias contra o anfitrião medalha de prata, Kanoa e o Australiano que foi derrotado por Italo na Semifinal Owen Wright.


Italo Ferreira após a vitoria contra o Japones nas areias de Tsurigasaki (Reprodução/Getty Imagens) 


Muito emocionado após a vitória, o herói nacional do Surfe, falou sobre a sensação de estar ali fazendo história na mais nova modalidade dos Jogos Olímpicos. "Eu queria que minha avó estivesse viva para ela ver isso. Para ver o que eu me tornei, o que eu consegui fazer pelos meus pais, por aqueles que estão ao meu redor. Não sei, não tenho palavras, só tenho a agradecer, realmente. É algo que eu almejei bastante, que eu sonhei. Tá lá do lado da minha cama essa frase que eu falei no início ("Diz amém que o ouro vem"). Todo dia eu orei às 3h da manhã, pedi a Deus que ele realizasse meu sonho. E taí, meu nome está escrito na história do surfe", disse Italo em entrevista a Tv Globo.


Italo Emociado em entrevista após a grande vitória (Reprodução/TV Globo)


O brasileiro venceu a disputa desbancando os dois anfitriões. Nas quartas de final da competição, Italo eliminou o japonês Hiroto Ohhara, na semi venceu o experiente australiano Owen Wright, que ficou com o Bronze depois de vencer Medina na busca pelo terceiro lugar, na grande final, e após sair atrás na disputa por conta da sua prancha se partir ao meio, nos primeiros minutos de prova. O potiguar se recuperou de forma épica no difícil mar da região que estava bem agitado devido as condições climáticas.


Italo na cerimonia de entrega de medalhas (Reprodução/Instagram)


Muitos brasileiros ficaram acordados, madrugada adentro para comemorar a vitória do Italo, de 27 anos, e não se arrependeram, pois sem sustos o nordestino de Baía Formosa fez os japoneses verem a força do Brasil e do Nordeste com um desempenho impecável no Japão dando justiça ao lugar mais alto do pódio.

Brasil tem virada épica e vence a Argentina no vôlei masculino

Fernando Scheffer ganha bronze nos 200m livre

A “fadinha” Rayssa Leal ganha medalha de prata nas Olímpiadas

Nas redes sociais, Italo foi o assunto mais falado na madrugada e pela manhã pela conquista, em seu Instagram, postou uma foto com o seu 'lema' que segundo o potiguar, foi o que lhe deu força para seguir a trilhar o caminho até Tóquio e a conquista nada fácil do mar do outro lado mundo.

 

Foto Destaque: Italo Ferreira vence o primeiro Ouro do Brasil em Tóquio (Reprodução/Getty Imagens)

Deixe um comentário