Celebridades

Sharon Stone fala sobre hemorragia vascular cerebral: 'Literalmente empurrou meu cérebro para a frente do meu rosto'

A atriz Sharon Stone, famosa por seu papel em 'Instinto Selvagem', deu entrevista à revista Elle contando detalhadamente sobre a hemorragia vascular cerebral que sofreu há anos atrás.

3 min de leitura
23 Abr 2021 - 16h24 | Atulizado em 23 Abr 2021 - 16h24

A atriz Sharon Stone falou sobre a hemorragia vascular que sofreu há anos atrás, em entrevista à revista Elle. A atriz contou que o lado direito do rosto desabou por conta da quantidade de sangue e que perdeu 18% de massa corporal durante a recuperação.

Sharon explicou detalhadamente o que aconteceu e também falou sobre como se sentiu. "Eu tinha tanto sangue no espaço subaracnóide que literalmente empurrou meu cérebro para a frente do meu rosto. Com a pressão de dias, o lado direito do meu rosto desabou. Eu tinha curvas e perdi 18 por cento da minha massa corporal. Eu sabia que tudo estava errado, mas ainda tinha uma estranha sensação de calma, de ser protegida por entes queridos que não estavam mais comigo". Devido à gravidade da hemorragia, a atriz levou sete anos para se recuperar.


sharon ellen

Foto de Sharon Stone para a revista Elle. (Foto: Reprodução/ Instagram)


A estrela do thriller ‘Instinto Selvagem’ também detalhou como foi a cirurgia que fez e como foi o processo de recuperação depois do derrame. Ela contou que passou por outras situações difíceis enquanto tentava focar na melhora. "Depois da hemorragia, descobri que, de repente, eu não era ninguém, que mais uma vez era a última da fila. Eles me operaram por sete horas e 22 bobinas foram inseridas em meu cérebro. Fui salva, mas levei sete anos para me recuperar. E houve momentos em que acreditava que nunca mais seria a mesma. Além disso, o derrame ocorreu em um momento particularmente difícil. Meu segundo marido e eu estávamos prestes a nos divorciar - por que estar com alguém que não te ama mais? A batalha pela custódia do meu filho Roan tornou a situação ainda mais dolorosa. Eu passei por muito. Eu tive que hipotecar novamente minha casa. Perdi tudo o que possuía. Perdi meu nicho na indústria”.

Marido de Luiz Fernando Guimarães emociona internautas ao falar da adoção de seus filhos

Globo e Walcyr Carrasco foram absolvidos de acusação de plágio

Juju Salimeni mostra corpo na Pandemia

Sharon finalizou a entrevista falando sobre as sequelas do derrame que afetaram sua memória e sobre como escolheu lidar com isso. Ela também fez uma reflexão sobre a importância de viver e aproveitar o que se tem hoje: "Há uma vida antes do meu acidente cerebral e outra depois. A transformação foi radical. Depois de sofrer o aneurisma, fiquei com muitas lacunas na memória, como se partes de mim tivessem desaparecido dentro de mim. Com enormes esforços de concentração consegui recuperar algumas lembranças, mas outras não, em todo caso, vendo a felicidade que sinto agora, por que vou tentar reativar ontem? Eu me propus a me livrar de coisas e pessoas vãs e me cercar apenas de positividade. Ainda não entendo por que ainda não ouvimos nossos corpos. Nós nos agredimos de forma voluntária e apaixonada, convencidos de que estamos nos realizando. O que estamos exaustos não é uma coerção externa –ela também–, mas o imperativo interno de ter que atuar cada vez mais e dar uma boa imagem. Precisamos quebrar essa cadeia de abusos", disse ela.

 

(Foto destaque: Sharon Stone. Reprodução/ Instagram)

Deixe um comentário