Notícias

Ministério da Saúde informa a morte de mais de 20 mil palestinos

Foi levantado pelo Ministério da Saúde, de Gaza, que mais de 20.000 palestinos foram mortos durante a guerra entre Israel e Hamas desde do início do conflito, mais de 50.000 pessoas foram feridas

25 Dez 2023 - 15h28 | Atualizado em 25 Dez 2023 - 15h28
Ministério da Saúde informa a morte de mais de 20 mil palestinos  Lorena Bueri

O Ministério da Saúde de Gaza apontou nessa sexta-feira (21) que mais de 20.000 palestinos foram mortos na guerra entre Israel e Hamas, desde do dia sete de outubro. Palestinos que vivem na Faixa de Gaza, segundo o relatório das Nações Unidas, passam extrema fome e necessidade de água à medida em que o conflito intensifica-se. O Ministério da Saúde complementa que mais de 50.000 pessoas estão feridas devido aos ataques de Israel.


Beira da Faixa de Gaza (Foto/reprodução/ SAID KHATIB)


Noite de ataques

Na noite da véspera de Natal (24), a Faixa de Gaza recebeu ataques de bombardeio, foi informado que 70 pessoas foram mortas no campo de refugiados de Al-Maghazi. O médico Ashraf al-Qudra, do Ministério da Saúde, diz que os números de feridos comunicado podem possivelmente aumentar devido a grande quantidade de famílias concentrada no local. O médico também afirma que a maioria dos mortos foram mulheres e crianças.

Foi requerido pelo Alto Comissário das Nações Unidas, Filippo Grandi, e o líder religioso Papa Francisco, o cessar-fogo e a libertação dos reféns feitos durante o conflito. A mobilização de discursos pacificadores é constante dentro do cenário da guerra desde do seu início.

Festividades canceladas

Devido a alta tensão perto dos feriados cristãos de fim de ano, os religiosos cancelaram as festividades tradicionais em solidariedade com as vítimas do confronto. Na cidade de Belém, Cisjordânia, que representa o local em que Jesus Cristo – principal símbolo religioso do cristianismo – nasceu, as ruas encontram-se vazias, os turistas são escassos.

Apesar da comoção global para o fim da guerra, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, declarou que: “Não vamos parar. Continuaremos lutando e intensificaremos os combates nos próximos dias. Será uma guerra longa que está longe de acabar.” A expectativa para os próximos meses permanece de medo e apreensão para os civis envolvidos no combate entre Israel e Hamas. 

Foto destaque: Faixa de Gaza (foto/reprodução: Mohammed Saber/EPA-EFE/REX/SHUTTERSTOCK)

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo