Esportes

Hamilton e Leclerc são desclassificados do GP dos EUA

Desqualificação ocorreu após serem encontradas irregularidades nos carros dos pilotos da Mercedes e da Ferrari; veja outras eliminações recentes

23 Out 2023 - 23h16 | Atualizado em 23 Out 2023 - 23h16
Hamilton e Leclerc são desclassificados do GP dos EUA Lorena Bueri

Após serem encontradas irregularidades nas pranchas de madeira do assoalho dos carros de Lewis Hamilton e Charles Leclerc, os pilotos de Mercedes e Ferrari, respectivamente, foram eliminados do GP dos Estados Unidos.

A corrida ocorreu neste domingo (22) e foi vencida pelo alemão Max Verstappen, da Red Bull. 


Lewis Hamilton, piloto da Mercedes. (Reprodução/X/@blog_formula1)


Essa foi a primeira desqualificação de uma corrida em um período de 2 anos. Relembre 5 das mais famosas desclassificações ocorridas nos últimos anos. 

1) Schumacher excluído do Mundial, em 1997

A desqualificação mais notória na história da Fórmula 1 ocorreu em 1997, quando Michael Schumacher foi desqualificado de toda a temporada, e não de apenas uma corrida. A FIA tomou a decisão de excluir o então bicampeão após o piloto da Ferrari tentar deliberadamente eliminar Jacques Villeneuve no Grande Prêmio da Europa, em meio à disputa pelo título. Até os dias atuais, Michael Schumacher permanece como o único piloto na história da Fórmula 1 a ser desqualificado de uma temporada completa.

2) Felipe Massa eliminado em 2015

A corrida de 2015 em Interlagos foi uma experiência desastrosa para Felipe Massa. O piloto brasileiro enfrentou desafios com o ajuste de seu carro da Williams ao longo de todo o fim de semana e, depois de cruzar a linha de chegada em 8° lugar, Massa foi desqualificado devido a irregularidades na temperatura e na pressão dos pneus de seu carro, identificadas durante a inspeção prévia à corrida.

3) Romain Grosjean no GP da Itália, em 2018

Romain Grosjean enfrentou a desclassificação do Grande Prêmio da Itália em 2018 devido a violações relacionadas ao assoalho do carro, tal como ocorreu com Hamilton e Leclerc em 2023. A equipe Haas havia introduzido atualizações no assoalho durante o Grande Prêmio do Canadá, cerca de um mês antes de uma alteração nas regulamentações da Fórmula 1 estabelecida pela FIA. Embora a equipe tenha solicitado uma extensão de prazo devido ao período de férias durante o verão europeu, ela continuou a utilizar as especificações anteriores nas duas primeiras corridas após o retorno, o que levou a um protesto da equipe Renault. A equipe americana recorreu da decisão, mas não obteve sucesso.

4) Kevin Magnussen e Esteban Ocon no GP dos EUA em 2018

Kevin Magnussen, piloto da equipe Haas, e Esteban Ocon, da Force India, enfrentaram a desqualificação do resultado da corrida em Austin devido a uma razão comum. Em ambos os casos, a FIA identificou irregularidades nos fluxos de combustível de seus carros que excediam o limite estabelecido pelas regulamentações.

5) Sebastian Vettel em 2021

Após conquistar o segundo lugar no Grande Prêmio da Hungria, o piloto alemão, naquela época competindo pela equipe Aston Martin, foi desqualificado devido à insuficiência de combustível em seu carro durante a análise pós-corrida. O veículo do tetracampeão continha apenas 300 ml de combustível, enquanto o requisito mínimo para a análise era de 1 litro. A escuderia britânica acreditava que havia combustível suficiente no carro e que a escassez poderia ter sido causada por um vazamento no sistema. No entanto, a equipe optou por não apelar da decisão. 

 

Foto destaque: Pilotos durante o GP dos EUA. Reprodução/X/ @blog_formula1

VEJA TAMBÉM

Inter vence o Grêmio de virada com gol de pênalti nos acréscimos Lorena Bueri

Inter vence o Grêmio de virada com gol de pênalti nos acréscimos

Gre-Nal 441, Intenacional vence o clássico Gaúcho por 3x2. Com o triunfo o time Colocado se firma a liderança do estadual com 25 pontos.
Jair Bolsonaro fala em pacificação e não cita STF durante manifestação em São Paulo Lorena Bueri

Jair Bolsonaro fala em pacificação e não cita STF durante manifestação em São Paulo

Compareceram no evento, além do pastor Silas Malafaia, autoridades políticas como o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG), além de outros políticos e demais apoiadores de Bolsonaro
Petrobras anuncia a inauguração da nova plataforma: o Navio Duque Caxias Lorena Bueri

Petrobras anuncia a inauguração da nova plataforma: o Navio Duque Caxias

A Petrobras divulgar data de inauguração da nova plataforma para extração de petróleo com um diferencial em recolher os biomateriais e preservar o meio ambiente.
Catar mediará encontro para acordo de cessar-fogo entre Israel e Hamas, segundo autoridades egípcias Lorena Bueri

Catar mediará encontro para acordo de cessar-fogo entre Israel e Hamas, segundo autoridades egípcias

Novas tentativas de cessar-fogo serão discutidas no encontro que acontecerá no Catar, uma das principais reivindicações das autoridades israelenses é a libertação de reféns
Flamengo domina clássico contra o Fluminense e garante vitória no Maracanã Lorena Bueri

Flamengo domina clássico contra o Fluminense e garante vitória no Maracanã

Com o resultado, o Rubro-Negro mantém boa fase e se consolida na primeira posição da tabela
Bottega Veneta: Bruna Marquezine se destaca na primeira fila do desfile Lorena Bueri

Bottega Veneta: Bruna Marquezine se destaca na primeira fila do desfile

Com o desfile em Milão, a atriz brasileira foi uma das convidadas da grife italiana. Além de Bruna, A$AP Rocky, Salma Hayek Pinault e François-Henri Pinault presenciaram a coleção dramática
Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo